sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Amor-diamante

(imagem Google Search)

Meu diamante se quebrou!
Sim quebrou. E diamantes não quebram, aprendi isso na escola.
Era legítimo, tinha até certificado de um geólogo.
Poxa ele era tão bonito, tão claro, tão raro...
Eu estava lá quando ele foi produzido, nasceu da pressão dos nossos corpos a base de carbono.
E agora que tu foste embora, como farei outro?
Era-me tão especial... meu diamante.

Um comentário:

  1. Outro virá.diamonds are forever...não sabemos é quais!


    Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário, deixo meu beijo antecipado. Volte sempre!!!